CONSULTOR MÉDICO DO HOSPITAL POLICLIN                                                                                  119

 

Cera Bloqueando o Canal do Ouvido

Introdução

Na parte exterior do canal do ouvido, existem células que produzem uma cera (chamada cerume) que retém partículas de pó e sujeira. A cera também repele água e protege a delicada membrana do tímpano de lesões. O cerume é removido para o meio externo gradualmente pelo revestimento do canal do ouvido, levando consigo a sujeira que ficou retida. Eventualmente, o cerume seca e é eliminado do ouvido como pequenos flocos sem que a pessoa note.

A produção normal de cerume é saudável e boa para os ouvidos. Se muito cerume está sendo produzido, ele pode bloquear o ouvido, mas o entupimento é geralmente causado mais por cuidado e limpeza impróprios do ouvido. Se a pessoa introduzir cotonetes de algodão, lápis, o dedo ou outros objetos no canal do ouvido para tentar remover o cerume, a força pode empurrar a cera mais para dentro do ouvido e pode comprimi-lo contra o tímpano. O bloqueio de cerume, também chamado impactação de cerume, é uma causa comum de perda de audição temporária.

Quadro Clínico

O paciente pode sentir que seu ouvido está entupido ou cheio, semelhante à sensação que algumas pessoas têm quando viajam de avião. Pode haver perda de audição que gradualmente piora. Algumas pessoas também experimentam dor ou zumbido no ouvido.

Diagnóstico

Se os sintomas são familiares ao paciente, ele mesmo pode diagnosticar seu bloqueio de cerume no ouvido. À consulta, o médico irá examinar o ouvido com um aparelho (otoscópio) que vê o canal do ouvido com uma luz para identificar a presença da cera que pode estar causando o problema.

Prevenção

Nunca ponha qualquer objeto no canal do ouvido. Os cotonetes de algodão devem ser usados só para limpar a parte externa da orelha. Não os coloque no canal.

Tratamento

Se você já teve entupimento de cerume anteriormente e reconhece os sintomas, você pode tentar tratar o bloqueio em sua casa antes de ver o médico. Se você acredita que pode haver uma lesão no conduto (canal) do ouvido ou na membrana do tímpano, ou se você alguma vez já tenha feito uma cirurgia em seu ouvido, não tente remover o bloqueio de cerume sozinho porque você pode causar uma infecção.

Para tratar o entupimento de cerume você pode usar:

o        Um removedor de cerume (Cerumin ®) em gotas,

o        Água Oxigenada (Peróxido de hidrogênio),

o        Óleo de bebê ou óleo mineral morno (não quente),

o        Soro fisiológico morno par lavar o ouvido.

Incline sua cabeça para o lado e mantenha a orelha apontada para o teto. Use um conta-gotas, encha o canal do ouvido de líquido. Mantenha sua cabeça inclinada durante pelo menos cinco minutos, então cubra sua orelha com uma toalha e endireite sua cabeça, pois assim o líquido excedente sairá. Repita este processo uma a duas vezes por dia durante os próximos dias. Se isto não remover a cera, visite seu médico (otorrinolaringologista).

A água oxigenada irá borbulhar em sua orelha e deixará o ouvido úmido. Esta condição de umidade pode aumentar o risco de infecção. Assim se você usar água oxigenada, pingue algumas gotas de álcool a seguir para secar o ouvido. Se o álcool causar dor, você pode ter uma lesão no tímpano e deve procurar o médico.

Se você for ao médico para remover a cera, ele pode lavar, raspar ou aspirar sua orelha, ou ainda, pode prescrever um remédio para amolecer o cerume que você pode usar em casa.

Qual médico procurar?

Se você nunca teve um entupimento por cerume e está inseguro do que possa estar causando este problema, marque uma consulta com um otorrinolaringologista.

Prognóstico

Se o entupimento for tratado com sucesso, o problema acaba.

O prognóstico de se remover o bloqueio de cerume é excelente. Algumas pessoas podem ter lesões da membrana do tímpano ou do conduto auditivo e irão precisar de tratamento diferente.

__________________________________

Publicado por

 Informedicals Policlin

 

DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA MÉDICA – HOSPITAL POLICLIN

 

Contatos

 

Editor: Dr. Mario César Prudente Leite